| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Matéria Prima
Desde: 06/02/2003      Publicadas: 1989      Atualização: 25/08/2008

Capa |  Artigos & cia  |  Cidadão Maringá  |  Comentário  |  Conto  |  Crítica  |  Crônica  |  Entrevista  |  Erramos  |  Geral  |  Livro  |  Moda  |  Opinião  |  Reportagem  |  Você no MP


 Artigos & cia

  14/04/2007
  0 comentário(s)


DeVotchka e a sorte do bilhete premiado

O cinema é o passaporte do sucesso para algumas bandas; ser imigrante na fonografia costuma ser eficiente

DeVotchka e a sorte do bilhete premiadoThiago Ramari
O cinema se materializa, às vezes, como o bilhete premiado de uma viagem com destino ao reconhecimento mundial e aumento significativo do número de fãs. A oportunidade de trabalhar em uma produção da sétima arte, contudo, não é garantia de sucesso imediato, mas há vários casos de compositores e intérpretes musicais que ganharam o status de revelação depois de uma chance bem aproveitada. Exemplos disso são o grupo norte-americano The Calling e a cantora francesa Emilie Simon. Por outro lado, temos Christina Millan, que, embora tenha tido papel de destaque no filme "Be Cool, O Outro Nome do Jogo" (2005), não emplacou nenhum sucesso musical de longo prazo fora dos Estados Unidos.

No aplaudido "Pequena Miss Sunshine" (2006) há um desfile de revelações que vai além da esfera musical. Ao lado de atores consagrados como Steve Carell e Toni Collette, por exemplo, há as atuações da pequena Abigail Breslin e Paul Dano, que, embora sejam parcialmente desconhecidos, roubam a cena mesmo ao lado dos veteranos.

A trilha sonora do filme também indica outra revelação. O grupo norte-americano DeVotchka saiu do anonimato depois de atuar sonoramente na produção dirigida por Jonhatan Dayton e Valerie Faris. O quarteto compôs parte das músicas executadas no filme. A outra parte ficou a cargo de Mychael Danna, compositor já reconhecido no universo cinematográfico.

O DeVotchka nasceu em Denver, em 1997. Caracterizado como indie rock, o grupo combina diversos instrumentos nas composições, como acordeão, guitarra, piano, trompete e violino. Jeanie Schroder, Nick Urata, Shawn King e Tom Hagerman, integrantes do quarteto, já lançaram cinco álbuns e trabalharam, inclusive, ao lado de Belle & Sebastian e Marilyn Manson.

Para o filme, o grupo compôs "Till The End Of Time". A canção revela a versatilidade instrumental que caracteriza o DeVotchka, uma vez que mescla nuances de Johnny Cash com música clássica e regionalista. O quarteto marca ainda presença com outras três canções na trilha sonora: "You Love Me" e "How It Ends", originalmente lançadas no disco "How It Ends" (2004), e "La Llorona", do álbum "Una Volta" (2003). O compositor Mychael Danna também utilizou várias melodias do DeVotchka para dar forma e aspecto fantasioso à trilha instrumental. Exemplo disso é a canção-tema do filme: "The Winner Is".

"Pequena Miss Sunshine" atua contrariamente às produções que erram no casamento entre roteiro e trilha sonora. A impressão digital sonora do DeVotchka garante identidade à família incerta que protagoniza o filme. Embora o roteiro revele a essência emocional fraturada dos lares, as canções do grupo atribuem um pouco de fantasia ao problema da vida real. O casamento compatível, é claro, ajuda a comover os espectadores nas poltronas do cinema e, como conseqüência, contribui para o aumento da venda do CD da trilha sonora.

PEQUENA MISS SUNSHINE ORIGINAL SOUNDTRACK " (2006). De: DeVotchka e Mychael Danna. Gravadora: Lakeshore Records. R$ 90,00 (importado).
Na internet " www.devotchka.net
Ouça mais " Do mesmo grupo foi lançado no exterior o CD "Uma Volta". Gravadora: Cícero Recondings. R$ 65 (média).

Imagem meramente ilustrativa/ http://farm1.static.flickr.com/104/307962891_c5aae58d8a.jpg

Este espaço contempla a contribuição de alunos, docentes ou profissionais de quaisquer áreas que queiram transmitir idéias e gerar reflexões acerca de assuntos de interesse coletivo. Os comentários que não tiverem o nome completo do autor e email para contato não serão publicados.


  Mais notícias da seção ° no caderno Artigos & cia
08/12/2007 - ° - O ano em que nos tornamos jornalistas
Ano cheio de descobertas, alegrias, tristezas, momentos bons e ruins, que guardaremos sempre em nossas lembranças ...
08/12/2007 - ° - MP prova que bom desempenho depende de compromisso
Para quem acredita que ser jornalista é fácil, o Matéria Prima mostra que jornalismo está ligado a esforço e dedicação ...
08/12/2007 - ° - Esse tal de jornalismo não serve pra mim
Um texto de 30 linhas, um desespero de duas semanas...; não sei dizer o que houve de errado, só espero que tenha sido momentâneo ...
27/10/2007 - ° - Tropa de Elite
01/09/2007 - ° - SATISFIRE - "Tocar com Andréas Kisser foi uma injeção de ânimo"
A banda Satisfire fala sobre as influências de seu novo disco e mostra que nem só de metal vivem os metaleiros....
26/05/2007 - ° - Sem voz, cronista caminha para a glória
Aos 74 anos, escritor sente as pernas tremerem ao escutar seu nome e a voz lhe foge novamente, assim como na infância ...
21/04/2007 - ° - Exageros da síndrome "the greatest hits"
A estratégia das gravadoras é lucrar; para tanto, vale vender as mesmas canções diversas vezes em nome do dinheiro...
07/04/2007 - ° - As bizarrices da criação literária de Almodóvar
Despudorada e viciada em música dance, a personagem Patty Diphusa exemplifica a juventude espanhola na década de 1980...
31/03/2007 - ° - Maria Antonieta e o (indevido) espírito roqueiro
Na cinebiografia da última rainha francesa, Sofia Copolla abre mão do bom senso estilístico e exagera na dose musical...
07/10/2006 - ° - Uma verdadeira viagem de outro mundo
Vi aqueles "monstros" tomando as cidades, destruindo as casas, as escolas, tudo. Só de lembrar dá um frio na espinha ...
09/09/2006 - ° - Uma noite de Broadway em Paranavaí
O que poderia ser apenas mais uma noite de trabalho transformou-se em uma noite de sonhos...musicados...
01/07/2006 - ° - A Copa do Mundo é delas, das mulheres
No futebol, o público feminino também está batendo um bolão, e não é dentro do gramado, mas em frente à televisão...
29/04/2006 - ° - Conselho de pai
10/12/2005 - ° - A grande contradição do Natal
Temos sempre uma mensagem que contradiz nossos atos, e assim jamais nos responsabilizamos pelo que não fomos capazes de cumprir ...
10/12/2005 - ° - STEPHAN DOITSCHINOFF - "Gosto de viajar para poder pintar, para ter mais inspiração"
Artista plástico paulista que já vendeu telas para o astro Jimmy Page prepara, agora, a arte do novo CD da banda Sepultura...
03/12/2005 - ° - A crise da mentalidade
Banalizamos magníficos meios que, sem seu uso coletivo, se prestam a atender mediocridades da individualidade perversa...
19/11/2005 - ° - O ilusório poder de compra do fim de ano
A falsa idéia da harmonia entre emprego e consumo só poderia mesmo ser sustentada em um sonho natalino...
29/10/2005 - ° - Religião e Cidadania
Com tanto "mico" que nós, brasileiros, já pagamos, como se não bastasse, deixaram mais um "abacaxi" para um povo humilde...
16/09/2005 - ° - Uma história de tirar o fôlego... de tanto rir
O livro "A esdrúxula epopéia de Pelipe e D. Leopolda" é um bom remédio para curar o mau-humor: as risadas são garantidas...
11/06/2005 - ° - Lembranças geniais duma mente fantástica
Existem as regras, as linhas retas, os ângulos retos, projéteis e projetos: para vocês existem restos, os restos, os restos: excrementos...



Capa |  Artigos & cia  |  Cidadão Maringá  |  Comentário  |  Conto  |  Crítica  |  Crônica  |  Entrevista  |  Erramos  |  Geral  |  Livro  |  Moda  |  Opinião  |  Reportagem  |  Você no MP
Busca em

  
1989 Notícias