| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Matéria Prima
Desde: 06/02/2003      Publicadas: 1989      Atualização: 25/08/2008

Capa |  Artigos & cia  |  Cidadão Maringá  |  Comentário  |  Conto  |  Crítica  |  Crônica  |  Entrevista  |  Erramos  |  Geral  |  Livro  |  Moda  |  Opinião  |  Reportagem  |  Você no MP


 Comentário
  03/07/2004
  0 comentário(s)


Maluf, um forte candidato a Pinóquio?
Paulo Maluf tem o nome envolvido em mais um escândalo e tenta provar inocência colocando-se como vítima de armação
Walmir Barrionuevo
A história de um dos mais polêmicos nomes da política nacional é escrita dia após dia com fatos que liderariam audiência em minissérie global. Paulo Salin Maluf, 72, filho de imigrantes libaneses e ex-prefeito de São Paulo, é a estrela dessa trama que envolve poder e muito dinheiro. Recentemente Maluf foi o protagonista de mais um capítulo de acusações, que, se provadas, dificilmente darão condições a ele de continuar sua caminhada rumo à prefeitura da maior cidade da América do Sul, São Paulo.

As acusações divulgadas pelos mais importantes veículos de notícias do país, dão conta que Maluf teria determinando, por intermédio de uma carta, a transferência do saldo total de uma conta no banco UBS, da Suíça, para o UBS de Londres. A carta, datada em 16 de dezembro de 1996 e escrita em inglês, tem o seguinte texto: "Eu gostaria de fazer uma doação de todo dinheiro atualmente existente na fundação White Gold para os meus quatro filhos em partes iguais. É solicitada ainda a transferência dos investimentos da White Gold para uma conta bancária em nome da Durant International Corporation, no banco UBS de Londres”. O texto, aqui traduzido, é supostamente assinado pelo ex-prefeito.

Maluf rebate as acusações dizendo ser vítima de perseguição política, que não é beneficiário nem titular de contas no exterior e que a carta apresentada à imprensa é totalmente falsa. Já o promotor de Justiça Sérgio Sobrane Turra, um dos responsáveis pela investigação, diz em entrevista ao jornal “O Estado de S. Paulo”, que não existe a menor possibilidade de a carta ter sido forjada. Ao ser entrevistado pela “Folha On Line” sobre a declaração do promotor Sérgio Turra, Maluf respondeu que foi ele quem, primeiramente, solicitou um exame grafotécnico ao Instituto Del Picchia, para onde enviou cópia da carta tendo como padrão de comparação, um documento escrito por ele em 1996.

Milhões de brasileiros estão tendo acesso a um “Curriculum Vitae” de Paulo Maluf, que circula pela Internet. A maioria são informações que o eleitorado até pode conhecer, mas as conseqüências de atitudes tomadas por Maluf, nem sempre conseguem interpretações que dimensionam os fatos. Algumas das informações contidas no tal “CV”:

· Em 1970, com o dinheiro do contribuinte paulistano, deu 25 carros aos jogadores da Seleção Brasileira e comissão técnica. Em 86 foi condenado pela Justiça a devolver o dinheiro aos cofres públicos, mas não devolveu.
· Em 1982 foi eleito deputado federal, comparecendo a três, das 654 seções realizadas. Foi condenado a devolver à Câmara o que recebeu indevidamente durante o mandato.
· Em 1985 foi derrotado por Tancredo Neves nas eleições indiretas para presidente do Brasil.
· Em 1986 foi derrotado nas eleições para o governo do Estado de São Paulo.
· Em 1988 foi derrotado nas eleições à Prefeitura de São Paulo.
· Em 1990, numa das campanhas mais caras já vistas, gastou US$ 50 milhões e perdeu.
· Construiu a Rodovia dos Trabalhadores a um custo três vezes superior à Rodovia dos Bandeirantes, e de valor igual ao gasto com toda a extensão da Rodovia Fernão Dias, até Minas Gerais.
· Gastou o equivalente a US$ 400 milhões (informação da Petrobras), com a Paulipetro, sem a aprovação ou mesmo fiscalização do Tribunal de Contas. Até hoje não prestou contas desse dinheiro e nenhuma gota de petróleo foi encontrada.
· Disse que se Celso Pitta fosse um mau prefeito, que ninguém mais votasse em nele.
O eleitor sabe o que faz, e assim sendo, merece os governantes que tem. Na política os assuntos devem ser tratados com muita “política”. Cabe saber com qual “política” o candidato a prefeitura de São Paulo, Paulo Maluf, pretende governar.


  Mais notícias da seção ° no caderno Comentário
08/12/2007 - ° - Matéria Prima - um ano de plantações
A primeira semente para o nosso sucesso profissional foi plantada, agora, espera-se a colheita...
08/12/2007 - ° - O término de uma preciosa temporada
Adeus com gosto de satisfação por mais uma vitória alcançada no decorrer de uma carreira esperançosa...
08/12/2007 - ° - O 'obrigada' de uma futura profissional
Em meio às preocupações do dia-a-dia universitário, nada como chegar ao fim do ano sabendo que foi tudo válido...
01/07/2006 - ° - Santa Ceia deixa de ser na mesa da Copa
Com a despedida do Brasil do Mundial acaba o clima de feriado religioso; agora ateu deixa de rezar e cético não faz mais promessa...
23/04/2005 - ° - Rede Globo de Televisão, 40 anos ao lado do poder
A "Vênus Platinada" se desenvolveu porque assumiu o tom oficialista, tornando-se retransmissora dos ideais governistas...
26/03/2005 - ° - Tecnologia digital para o mundo sem impressões
A banalização da fotografia digital, pela sua praticidade, pode trazer à sociedade perda histórica e cultural...
18/03/2005 - ° - Na sociedade do controle quem dá as cartas é a TV
Novelas e reality shows são planejados para nos fazer crer que decidimos, quando, na realidade, somos apenas marionetes...
04/11/2004 - ° - Depois de muito sofrimento, tudo volta ao normal
Chega sem pedir licença, vai entrando e não tá nem aí se você gosta ou não; ainda bem que a campanha eleitoral já acabou...
28/10/2004 - ° - Blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá...
A imposição dos programas eleitorais num país democrático: até que ponto esses programas podem convencer os eleitores? ...
14/10/2004 - ° - A evolução primitiva da Coca-Cola
O refrigerante mais consumido no planeta regride tecnologicamente e quem agradece é o meio ambiente...
14/10/2004 - ° - Nova lei prevê a extinção do cão errado
Políticos querem aprovar lei para extinguir as raças pit bull e rotweiller, porém, estarão punindo a raça errada...
02/10/2004 - ° - Os europeus comem, bebem e vestem Brasil
Depois de séculos de pilhagens, o mínimo que devem fazer é falar do Brasil, mesmo que nem saibam o que seja...
14/08/2004 - ° - Tragédia gutemberguiana em três atos
Chamemos de gutemberguianos aqueles que fazem o jornalismo; e qual a importância da profissão quando não existe a preocupação ética? ...
26/06/2004 - ° - Brizola, brasileiro do Rio Grande do Sul
Morte marca o fim da política populista e ideológica da época de Vargas onde políticos governavam com paixão...
20/06/2004 - ° - Uma crítica [aberta] à falsa rebeldia
O jovem contemporâneo -que se diz ingenuamente rebelde- vive com os pais. E pior: depende totalmente deles...
12/06/2004 - ° - A perda da verdadeira essência do sexo
O sexo, a princípio, era somente visto como forma de reprodução humana; hoje o prazer se sobrepõe a essa idéia...



Capa |  Artigos & cia  |  Cidadão Maringá  |  Comentário  |  Conto  |  Crítica  |  Crônica  |  Entrevista  |  Erramos  |  Geral  |  Livro  |  Moda  |  Opinião  |  Reportagem  |  Você no MP
Busca em

  
1989 Notícias