| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Matéria Prima
Desde: 06/02/2003      Publicadas: 1989      Atualização: 25/08/2008

Capa |  Artigos & cia  |  Cidadão Maringá  |  Comentário  |  Conto  |  Crítica  |  Crônica  |  Entrevista  |  Erramos  |  Geral  |  Livro  |  Moda  |  Opinião  |  Reportagem  |  Você no MP


 Geral

  05/05/2008
  0 comentário(s)


Comércio ganha força no Jardim Liberdade

Fundada há 34 anos, segundo moradores, a Zona 36 possui como ponto positivo o comércio diversificado

Comércio ganha força no Jardim Liberdade Suelen Albuquerque
O Jardim Liberdade está localizado na região leste de Maringá e é dividido em quatro partes. Segundo Valdecir Brunholi, da Coordenadoria de Geoprocessamento da prefeitura, a primeira parte e mais antiga do bairro, foi aprovada em 26 de junho de 1973. Brunholi informou que o bairro constitui a zona fiscal 36 e possui área total de 692.394,32 m².

Para Dilene Bossoni Regiani, presidente da Associação Comunitária dos Jardins Liberdade e América há dois anos, o comércio é um dos pontos positivos do bairro. "Temos de tudo no bairro, desde depósitos de construção, farmácias, fábrica de lingerie, supermercado e postos de gasolina", relata.

Denildo Costa, 47 anos, morador do bairro há 10, aponta como pontos positivos o comércio, a Academia da Terceira Idade e uma pista de caminhada. A insegurança é ponto negativo, segundo ele. "O que falta no bairro é segurança, pois vem ocorrendo nas últimas semanas muitos assaltos no comércio", afirma o morador.

De acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) do ano de 2000, último censo demográfico, 4.265 pessoas residiam no Jardim Liberdade, 2.079 homens e 2.186 mulheres. Entre os moradores antigos está Romilda Basso Nordon Silva, 83 anos, moradora do bairro há 32 e de Maringá há 63. "No início só havia fazendas ao redor do Jardim Liberdade. Eu só tinha três vizinhos e quando a gente fazia reunião para rezar, iam poucas pessoas", diz a moradora.

A pioneira lembra das dificuldades que tinha com a saúde pública. "Não havia hospitais nem médicos, tinha meus filhos com as parteiras e só fiz dois pré-natais entre meus 12 filhos. Hoje, o médico vem em casa uma vez por semana, medir minha pressão e fazer exame de diabetes."

O comerciante Antonio Favaretto, 48 anos, diz que já foi assaltado duas vezes, à mão armada, e no período da tarde. "Estamos organizando uma comissão de comerciantes para diminuir os assaltos. Uma das idéias seria a criação de adesivos no comércio, proibindo a entrada de motoqueiros com capacetes", diz.

Dilene Regiani afirma que um dos problemas do bairro são os assaltos, porém, com a comissão de comerciantes haverá cobrança maior de policiamento no bairro.


Imagem/Suelen Albuquerque
Comércio da avenida dos Palmares: exemplo da diversificação

OS COMENTÁRIOS QUE NÃO TIVEREM O NOME COMPLETO DO AUTOR E EMAIL PARA CONTATO NÃO SERÃO PUBLICADOS


  Mais notícias da seção ° no caderno Geral
11/08/2008 - ° - Asilo São Vicente de Paulo ampara idosos na Zona 21
Instituição filantrópica cuida de 80 idosos, criando ambiente familiar aos internos, que têm suas carências atendidas...
11/08/2008 - ° - Fundo de vale é desrespeitado na Zona 21
Moradores sofrem com perigo da região do córrego Nazareth, enquanto prefeitura discute como regularizar problemas...
11/08/2008 - ° - Segurança pública remete tranqüilidade à Zona 21
Moradores sentem-se mais seguros depois da transferência dos presos da 9ª SDP para o Centro de Detenção Provisória...
11/08/2008 - ° - Construções impulsionam crescimento da Zona 21
Maior poder aquisitivo da população propicia investimento na construção de novas casas, expandindo-o...
11/08/2008 - ° - Milhares de brasileiros optam pela EaD
A cada ano a procura por cursos ministrados a distância aumenta devido à praticidade e alcance das aulas on-line...
07/07/2008 - ° - PUC será construída em bairro carente
Após dois anos sem sede própria, Pontifícia Universidade Católica vai construir prédio no Conjunto Requião, em Maringá...
07/07/2008 - ° - Topiaria embeleza casa de pedreiro no Requião
Artista popular utiliza técnica de esculpir plantas e chama a atenção pela arte e criatividade presente nas esculturas...
07/07/2008 - ° - No Requião, o que mais aflige é a insegurança
O bairro tem saúde, escola e ATI, mas, segundo moradores, a violência não pára e a segurança deixa a desejar...
30/06/2008 - ° - Ponto de encontro reúne moradores do Parque Itaipu
População do bairro se encontra todos os fins de semana e feriados para jogar malha, baralho ou bingo ...
30/06/2008 - ° - Moradoras encontram no artesanato uma terapia
Mulheres do Parque Itaipu desenvolvem diversas atividades artísticas, fazem amizade e trocam habilidades manuais...
30/06/2008 - ° - Moradores antigos traçam panorama do Parque Itaipu
População da Zona 47 descreve perfil do bairro mostrando como a região se desenvolveu ao longo dos 27 anos de fundação...
23/06/2008 - ° - Vila garante festa todos os anos aos visitantes
Agüenta Santo Antonio; junho é mês em que solteiros de plantão fazem fila no bairro em busca de um milagre do padroeiro...
23/06/2008 - ° - Capela Santo Antônio deu nome à zona 11
Bairro foi nomeado em homenagem a templo cristão que já existia na região antes do seu loteamento, em 1949...
16/06/2008 - ° - Caçula relembra início do Maringá Velho
Casa de madeira da época da colonização e sua moradora acompanharam o cotidiano do pioneirismo maringaense...
16/06/2008 - ° - ATI da Zona 6 não beneficia público alvo
Academia da Terceira Idade é ocupada por jovens, que impedem pessoas acima de 60 anos a usufruir dos equipamentos ...
16/06/2008 - ° - Primeira igreja urbana de Maringá é da Zona 6
A Capela Santa Cruz, fundada em 1946, é um exemplo de conservação de patrimônio histórico e de trabalho pioneiro...
16/06/2008 - ° - Maringá Velho tem importância histórica
Segundo levantamento do IBGE o bairro abriga pouco mais 4.000 pessoas nos seus 877.967 metros quadrados...
16/06/2008 - ° - Produção de DVD marca 30 anos de Femucic
Pela primeira vez, as imagens do evento estarão em um dispositivo de áudio e vídeo para o público assistir em casa...
09/06/2008 - ° - Hortas do Alvorada dão café e até quiabo grande
Sementes importadas da Bolívia geram quiabos de dois metros e fazem aposentado ficar conhecido no bairro...
09/06/2008 - ° - Rádio abre espaço para os moradores do Alvorada
A São Francisco FM 105,9, dá oportunidade para a população do bairro criar seu próprio programa radiofônico...
09/06/2008 - ° - Programas sociais tiram adolescentes das ruas
Entidades no Jardim Alvorada funcionam como contraturno escolar e oferecem atividades artísticas e culturais...
03/06/2008 - ° - Solidariedade leva comida a 56 famílias
Aulas de teatro, coreografias de dança e sopa são oferecidos por entidade filantrópica do bairro há seis anos...
03/06/2008 - ° - Pioneira e sua mercearia fortalecem a comunidade
Primeiro estabelecimento comercial no Parque das Laranjeiras ainda vende fiado, integrando moradores do bairro...
03/06/2008 - ° - Laranjeiras aguarda "Saúde da Família"
Vereadores pretendem acabar com a precariedade do atendimento médico no bairro com a implantação do PSF...
03/06/2008 - ° - Parque das Laranjeiras reclama serviço de saúde
Moradores do bairro pedem mais atenção da prefeitura também às questões de falta de lazer e policiamento...
19/05/2008 - ° - Alunos ajudam na coleta de recicláveis
Reciclar também se aprende na escola; esta é a proposta da Escola Municipal Deputado Federal Ulysses Guimarães...
19/05/2008 - ° - Escola realiza a inclusão educacional
A Escola Municipal Deputado Federal Ulysses Guimarães atende três alunos com deficiência em classes de ensino regular...
19/05/2008 - ° - Saúde desagrada moradores no Conjunto Thais
População reclama da falta de posto no bairro e da distância que percorrem em busca de atendimento médico...
19/05/2008 - ° - Livro sobre "caso Barão" disputa prêmio estadual
"O Arquiteto", de Thiago Ramari, recém-graduado pelo Cesumar, foi indicado para o 13º Sangue Novo de Jornalismo ...
19/05/2008 - ° - Preço leva população à Farmácia Popular
É a 12ª unidade no Paraná e vai funcionar em parceria com a prefeitura; remédios terão preços até 90% mais baixos...



Capa |  Artigos & cia  |  Cidadão Maringá  |  Comentário  |  Conto  |  Crítica  |  Crônica  |  Entrevista  |  Erramos  |  Geral  |  Livro  |  Moda  |  Opinião  |  Reportagem  |  Você no MP