| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Matéria Prima
Desde: 06/02/2003      Publicadas: 1989      Atualização: 25/08/2008

Capa |  Artigos & cia  |  Cidadão Maringá  |  Comentário  |  Conto  |  Crítica  |  Crônica  |  Entrevista  |  Erramos  |  Geral  |  Livro  |  Moda  |  Opinião  |  Reportagem  |  Você no MP


 Moda

  10/11/2007
  0 comentário(s)


Moda consciente atua em prol da natureza

A preservação ambiental ganhou destaque nas passarelas do País; agora, segundo consultora, "preservar é um consumo necessário"

Moda consciente atua em prol da naturezaHeloísa Beraldo
Este ano, em suas duas edições, o São Paulo Fashion Week(SPFW), principal evento de moda do País, mostrou que os estilistas não são indiferentes às grandes preocupações ecológicas, como a biodiversidade, o desenvolvimento sustentável e a consciência social e ambiental.

Segundo o site da "Folha Online" (www.folhaonline.com.br), a organização do evento plantou cerca de 5.000 árvores, de mais de 80 tipos diferentes de espécies locais, em uma zona devastada da floresta Atlântica; teve 90% de toda sua estrutura feita de material reaproveitável, além de "desfrutar" em suas criações de materiais como o algodão biológico, lã artesanal, couro vegetal e tinturas à base de pigmentos naturais.

Corroborando com essa iniciativa, o shopping VestSul (distante 12 km do centro de Maringá), apresentou dos dias 5 a 10 de agosto deste ano, a Semana da Moda Ecológica que, para o gerente do shopping, Octávio Baroni Junior, significou um marco para a conscientização de seu consumidor.

Segundo Baroni, a conscientização do cliente sobre a preservação do meio ambiente em um shopping atacadista, que deve servir de modelo, é muito importante, mas para isso as marcas também precisam readaptar suas coleções. "Muitas das lojas aqui do shopping já aderiram à moda ecológica. Aqui o consumidor pode encontrar desde roupas feitas com fibras de bambu a sapatos com a sola feita de pneu."

Para a consultora de moda Simonia Abdo, a preocupação com o meio ambiente não deve ser tratada como tendência da moda. "Preservar é um consumo necessário. Além de real o problema é permanente. A substituição dos químicos não deve ser feita por uma tendência de estilo, mas por uma questão de bem estar social."

Adepto à moda ecológica, o consumidor Dhiego Rocha diz acreditar estar fazendo a sua parte para a preservação. "Como consumidor me preocupo em estar usando marcas e produtos que têm esse tipo de consciência. Acho interessante projeto e iniciativas como essas. Chique é saber se vestir sem agredir os outros", brinca. Já a consumidora Larissa Almeida, que adquiriu uma sandália ecologicamente correta, há dois meses, diz ter se decepcionado. "A princípio aprovei a iniciativa, mas percebi que o produto tem qualidade de resistência muito inferior. Por enquanto eu não posso dizer que recomendo."


Shopping atacadista investe na conscientização de seus clientes


Segundo o gerente do shopping atacadista VestSul, Octávio Baroni Junior a proposta de mudança nos hábitos, tanto da administração quanto dos produtos vendidos no shopping, surgiu muito antes das edições do SPFW. "A preocupação com o aquecimento global gerou o interesse interno pelos produtos ecologicamente corretos. O VestSul é o primeiro shopping ambientalmente correto do Brasil. Recebemos o selo de certificado da FunVerde [Fundação Verde] de Empresa Amiga do Planeta."

Dentre as atitudes tomadas pelo shopping, destaca-se o uso de sacolas oxi-biodegradáveis. "Percebemos a aceitabilidade dos consumidores pelo projeto de preservação e futuramente pretendemos utilizar, também, a água pluvial para lavar garagens, pátios e dar descargas", afirma Baroni.

O Ibope divulgou em São Paulo, durante o 2° Fórum Ibope - Negócios Sustentáveis, a pesquisa "Sustentabilidade: Hoje ou Amanhã?". O levantamento foi realizado com homens e mulheres acima de 16 anos, em todo o Brasil, entre os dias 20 e 28 de julho deste ano, para avaliar a percepção das classes A, B e C sobre assuntos ligados ao tema sustentabilidade. De acordo com os dados, enquanto 85% das pessoas entrevistadas disseram que vale a pena pagar mais caro por um produto que não agrida o meio ambiente, apenas 52% responderam só comprar de marcas sustentáveis, mesmo que desembolsem mais.

Segundo a consultora de moda Simonia Abdo, a compra pode "valer a pena" se o consumidor estiver atento aos produtos e procurar saber sobre suas vantagens. "A malha bambu, por exemplo, é 100% ecológica, ou seja, não agride o meio ambiente. Além disso, tem capacidade de proteção contra os raios ultra-violeta e capacidade termodinâmica [esquenta no frio e esfria no calor] ou quem comprar a malha PET contribui para diminuir a poluição do meio ambiente", complementa.


Maringá é destaque na produção de moda artesanal


A empresa maringaense O Casulo Feliz do zootecnista Gustavo Augusto Serpa Rocha, é destaque na área de produção de seda, sendo Maringá a única cidade da América Latina onde os casulos são transformados de forma artesanal. A empresa, que surgiu em 1988, aproveita os casulos impróprios para a indústria e também promove a reciclagem dos subprodutos dessa matéria-prima, transformando-os em tapetes, cortinas, tecidos, almofadas etc.

Segundo Rocha, a moda ecológica é uma questão de necessidade. "É um avanço do qual o povo e o planeta necessita e não mais uma descoberta de um produto bonito."

O estudo que está em andamento para desenvolver um tecido ecológico feito de algodão e seda (o algodão ecológico do norte do Paraná juntamente com a seda produzida pelo O Casulo Feliz) significa um grande passo para os paranaenses. Mesmo assim, o zootecnista Gustavo Augusto Serpa Rocha disse que não há reconhecimento regional. "O Casulo Feliz desde 2004 participa de eventos como o São Paulo Fashion Week. Este ano, expomos nossos trabalhos no estande da Oakley, por exemplo. Ainda assim, é mais fácil você encontrar matérias sobre o nosso trabalho em São Paulo ou Paris do que em Maringá. As pessoas infelizmente ainda não reconhecem", afirma. Para ele a moda está voltando às origens. "O Casulo Feliz é a moda contemporânea. Mas hoje nós estamos fazendo produtos que nós chamamos de primitivo, da mesma forma que o homem primitivo fazia as suas vestes."

Em entrevista concedida à "Agência Estadual de Notícias, do governo do Paraná" (www.aenoticias.pr.gov.br) , em julho de 2005, o estilista Mario Queiroz disse utilizar em seus modelos, desde 2004 (inclusive para desfiles em eventos como o SPFW), os trabalhos desenvolvidos pela empresa maringaense. "O Casulo Feliz dá o diferencial a minha coleção pela nobreza da seda e do trabalho social que este grupo desenvolve."

Enquanto alguns se mostram preocupados com a fabricação da moda ecologicamente correta, marcas de jeans consagradas no mercado, distorcem a imagem da campanha ecológica apostando em publicidade provocativa, como a do slogan "Global Warming Ready" (Preparados para o aquecimento global), onde imagens sugestivas como a de aves tropicais em plena Veneza, areias desérticas invadindo a Muralha da China, Paris tomada por coqueiros e bananeiras, ou o Cristo Redentor, o Mount Rushmore, Londres e Nova York embaixo da água.

"Deixe um pedacinho do mundo para mim", é o que diz a nova campanha da marca nacional Goóc (raiz, na língua indígena), que tem em seu conceito os princípios de reaproveitamento e reciclagem como incentivo à preservação ambiental. Os produtos da empresa foram destaques na capa e reportagem da "Revista Veja" (edição 2031/ 24 de outubro deste ano), como referência na luta contra o aquecimento global e iniciativa pela sustentabilidade do planeta.

Segundo informações do site da Goóc (www.gooc.com.br), uma campanha realizada pela empresa arrecadou cerca de 1,2 milhões de pneus (cuja decomposição ultrapassa 700 anos), sendo, há três anos, destaque na criação de calçados, roupas e acessórios desenvolvidos a partir da borracha reciclada de pneu e tecidos " como jeans e lona " reaproveitados e tratados.

Os representantes da marca no Paraná foram procurados, mas não quiseram dar entrevista até o fechamento desta edição.

Imagem/Fernando Donasci/Folha Imagem
São Paulo Fashion Week apresenta moda ecologicamente correta

OS COMENTÁRIOS QUE NÃO TIVEREM O NOME COMPLETO DO AUTOR E EMAIL PARA CONTATO NÃO SERÃO PUBLICADOS


  Mais notícias da seção ° no caderno Moda
01/12/2007 - ° - Falta de padronização confunde consumidores
Roupas de mesma numeração e marcas distintas têm tamanhos diferentes; tabela para padronização está prevista para 2008...
03/11/2007 - ° - Moda fitness alia beleza ao conforto
A roupa de ginástica facilita as atividades físicas, segue tendências da moda e também ganha espaço no dia-a-dia...
13/10/2007 - ° - E-loja investe em criatividade alheia
Site que vende camisetas aposta na engenhosidade dos próprios usuários para desenvolver suas estampas...
13/10/2007 - ° - Marketing pessoal fomenta uso de trajes sociais
Maringaense começa a investir mais no social por uma exigência do mercado, porém o calor ainda é a dificuldade...
06/10/2007 - ° - Estilo country resiste às tendências
A essência das roupas especializadas, marcadas pelo jeans, botas e chapéus, é preservada por seus apreciadores...
29/09/2007 - ° - Roupa pode estimular percepção infantil
Modelos com riquezas de detalhes formam a moda educativa, que promete além de vestir ensinar as crianças...
22/09/2007 - ° - Gestantes buscam roupas mais modernas
Mesmo com as tendências lançadas constantemente pela moda, grávidas sentem dificuldade em conciliar beleza e conforto...
15/09/2007 - ° - Óculos Ray-Ban é moda há quase 90 anos
De início era apenas proteção para os olhos; hoje, o modelo se popularizou e é exibido por marcas famosas ...
15/09/2007 - ° - Cinto feminino volta ao lugar de origem
Acessório, agora largo, volta a ser utilizado na cintura; fabricantes da região de Maringá já aderiam à nova tendência...
01/09/2007 - ° - Mulheres têm vaidade até para sonhar
Pijama feminino deixa de ser opção apenas para dormir e se torna indispensável peça nos guarda-roupas das ousadas...
18/08/2007 - ° - Inverno maringaense dispensa tendências
A procura por peças básicas nas baixas temperaturas prejudica o ritmo dos estilos ousados da moda atual em Maringá...
11/08/2007 - ° - Sutiãs deixam de ser uma peça íntima
Após terem perdido o caráter oculto por baixo das roupas, os sutiãs passaram a ser mais visíveis no corpo feminino...
11/08/2007 - ° - Roupa tem signo oculto que revela a personalidade
Mesmo que você não perceba, o que está vestindo e as cores escolhidas transmitem informações ...
07/07/2007 - ° - Jovens de Maringá abandonam o relógio
O aparelho celular é o grande inimigo do relógio de pulso que, em cinco anos, sofreu queda de 50% nas vendas...
07/07/2007 - ° - "Fora de moda" é ter um estilo, diz especialista
Contemporaneidade muda os rumos da moda mundial; antes era ditadura, hoje é individualismo e influência...
30/06/2007 - ° - "Moda", agora, é o capacete cor-de-rosa
Para as pessoas cansadas do equipamento de cores convencionais, o rosa pode ser o diferencial...
23/06/2007 - ° - Sapatos podem fazer a diferença no "sim"
Considerados meros acessórios, os sapatos são peças fundamentais para trazer elegância e conforto às noivas ...
16/06/2007 - ° - Mudanças da moda agora atingem as calças
Adorada pelas mulheres, a calça jeans de cós baixo sai de cena, e grifes já anunciam o retorno do jeans tradicional...
02/06/2007 - ° - Moda também sobe aos palcos de Maringá
Um dos elementos mais importantes no teatro, figurino bem montado ajuda na transmissão da mensagem de um espetáculo...
02/06/2007 - ° - Tema da Expovest 2007 é moda conceito
Cianorte tenta mostrar um novo objetivo do evento, deixando apenas de produzir roupa e passando a ditar moda ...
26/05/2007 - ° - Roupas ousadas e salto alto são ameaça à infância
Meninas na fase de brincar estão trocando a boneca e a inocência, pela minisaia, batom e salto alto...
26/05/2007 - ° - Pele de peixe pode ajudar moda local
Além de serem produtos diferenciados, artigos com couro de peixe constituem um mercado pouco explorado na região...
26/05/2007 - ° - Costureiras ainda têm clientela fiel
Apesar de ainda haver procura pela costura sob medida, não há consenso sobre lucro com essa atividade...
12/05/2007 - ° - Bolsas artesanais estão no alvo da moda
Tecidos, linhas, dedais e muita criatividade fazem o diferencial tanto na hora da produção quanto na comercialização...
05/05/2007 - ° - A roupa de baixo acompanha a modernidade
A moda revela que as lingeries estão longe de servir apenas para manter a higiene e o conforto, mas aflorar a sensualidade feminina...
05/05/2007 - ° - Tempo e sociedade ditam o que vestir
A moda reflete o momento histórico que se vive; hoje, o comum e o diferente são temas para criatividade...
28/04/2007 - ° - Cresce na cidade moda para fãs de mangá
Comércio de produtos se popularizou com lojas especializadas e um evento destinado para quem aprecia animação japonesa...
28/04/2007 - ° - Consultores de moda são artigos de luxo
Em Maringá, os profissionais são pouco procurados por lojistas; consultor é vinculado às empresas de grandes marcas...
21/04/2007 - ° - Empresa regional usa novela para divulgar marca
Confecção investiu em publicidade, buscando destaque nacional; retorno financeiro é positivo, segundo a proprietária...
21/04/2007 - ° - Mercados oferecem roupas mais barato
Além de estar em alta, roupas vendidas fora das lojas convencionais podem custar menos e reproduzir estilos urbanos...



Capa |  Artigos & cia  |  Cidadão Maringá  |  Comentário  |  Conto  |  Crítica  |  Crônica  |  Entrevista  |  Erramos  |  Geral  |  Livro  |  Moda  |  Opinião  |  Reportagem  |  Você no MP