| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Matéria Prima
Desde: 06/02/2003      Publicadas: 1989      Atualização: 25/08/2008

Capa |  Artigos & cia  |  Cidadão Maringá  |  Comentário  |  Conto  |  Crítica  |  Crônica  |  Entrevista  |  Erramos  |  Geral  |  Livro  |  Moda  |  Opinião  |  Reportagem  |  Você no MP


 Opinião
  26/05/2008
  0 comentário(s)


A mídia excede, sim, mas nem tudo está perdido
Tragédias familiares e escândalos sexuais revelam o lado mais obscuro, mas às vezes necessário, da imprensa
A mídia excede, sim, mas nem tudo está perdidoMarla Drews
Recentemente, assistimos surpresos a mais um episódio escandaloso envolvendo celebridade, dessa vez o jogador de futebol Ronaldinho "Fenômeno" flagrado por repórteres deixando uma delegacia de polícia depois de se envolver em confusão em um motel com três travestis. Em meio a um cenário ora cômico, ora de espanto, muitas pessoas perplexas questionaram: o que move um jogador bem sucedido e pai de família a se envolver em uma situação como essa? Outras tantas fizeram melhor e perguntaram que relevância jornalística tem o episódio a ponto de ganhar alguns dias de atenção da mídia?

Existem muitas explicações possíveis. A atual sociedade consumista, por exemplo, é uma delas, em que valores como o "ter" valem muito mais do que o "ser". Esse tipo de comportamento individualista acaba refletindo também nas relações afetivas das pessoas.

O caso do jogador, que ganhou destaque nas principais revistas, jornais impressos e nos noticiários e programas de rádio e TV do País mostrou do que parte da imprensa é capaz de fazer para conseguir audiência, revelando assim o lado mais marginal e circense do meio jornalístico. Porém, ao contrário do caso ocorrido com Ronaldo, cujo valor jornalístico deixa dúvidas, o mesmo não pode ser dito de outros episódios da vida pública que, em dadas circunstâncias, tiveram como pano de fundo motivação sexual. Em diversos momentos da história do Brasil, a mídia (atendendo, é claro, a interesses) teve papel decisivo para mostrar, a partir "romances proibidos", casos extremamente prejudiciais ao status quo.

Quem não se lembra em 1990 do rumoroso romance extraconjugal protagonizado em plena era Collor pela então ministra da Economia Zélia Cardoso e o então ministro da Justiça Bernardo Cabral? E agora, mais recentemente, a queda do então presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL), depois que veio à tona seu também romance extraconjugal com a jornalista Mônica Veloso? São episódios que demonstram, mais que fraquezas humanas, perigosas relações envolvendo o(s) poder(res), e que jamais poderiam, como de fato não foram, ser ignorados pela imprensa.

Mas a mídia também tem suas obscuridades. Sobre isso, a Equipe Matéria Prima tece comentários nesta edição, analisando o posicionamento que a revista Veja assumiu na capa de sua edição do dia 23 de abril deste ano, antes de a polícia concluir as investigações e o Ministério Publico acusar formalmente o pai de Isabella Nardoni e mulher dele pelo assassinato da menina, então com 5 anos. Ainda sobre esse crime, Any Katthleen convida o leitor a uma reflexão, comparando o interesse que o caso gerou à expectativa pelo próximo capitulo da sua novela favorita.

Felizmente, não é só de desgraças que o jornal Matéria Prima é feito. Denise Urbano e Rodrigo Basniak apresentam a outra face de um pai, aquele que encarara o desafio de criar seus filhos sem a presença da mãe. Vale a pena conferir e quem sabe até se emocionar.

O Jardim Laranjeiras foi o bairro escolhido para esta edição. Rafael Pignatti conta um pouco da história do bairro, tendo como personagem o pioneiro Euclides Marques Ribeiro, de 86 anos, e da comerciante Aline Miranda, 38, moradora do Laranjeiras há 13 anos e dona de uma mercearia que cresceu graças à confiança.

Em uma volta pelo bairro, Kelly Moraes chama a atenção para a falta de alguns serviços essenciais, como escolas, policiamento e um posto de saúde. Sobre a saúde, Fernanda Inocente apurou junto a Câmara de Vereadores que uma sede do Programa de Saúde da Família já foi aprovada para o bairro em abril, mas ainda não há previsão para que o serviço entre em funcionamento

Imagem/http://fimdojornalismo.blogspot.com/2004_05_01_archive.html

OS COMENTÁRIOS QUE NÃO TIVEREM O NOME COMPLETO DO AUTOR E EMAIL PARA CONTATO NÃO SERÃO PUBLICADOS
  Autor: Marla Drews


  Mais notícias da seção ° no caderno Opinião
11/08/2008 - ° - Alucinógenas ou não, o importante é consciência
Ainda que sejam prejudiciais à saúde, drogas como maconha e cigarro fascinam jovens com promessa de status social...
11/08/2008 - ° - Quarenta anos do ano que mudou o mundo
Puramente revolucionário,1968 reuniu as transformações mais significativas para a sociedade contemporânea ...
07/07/2008 - ° - Mais que avaliar, Enem promove cidadania
Instrumento de avaliação do aprendizado auxilia pais no momento de escolher uma boa escola para os filhos...
07/07/2008 - ° - Campanhas eleitorais esquentam o clima
Possibilidade de mudança faz da votação um emblema de cidadania e manifestação dos direitos civis...
30/06/2008 - ° - Campanha pede um país menos corrupto
Projeto de lei complementar encampado pela igreja busca conscientizar eleitores contra maus políticos...
30/06/2008 - ° - Edição para degustar,como alimento sadio
Ter hábitos saudáveis é o sonho de qualquer pessoa, e vão da boa alimentação até a leitura de bons textos...
23/06/2008 - ° - Nem sempre remédio ajuda a emagrecer
Indicados apenas em casos de obesidade, muitos ainda recorrem aos medicamentos sem mudar o estilo de vida...
23/06/2008 - ° - Respeito marca 100 anos de imigração
A cultura japonesa contribuiu tanto para o crescimento econômico quanto cultural do país no último século...
16/06/2008 - ° - Os médicos também precisam se tratar
Os profissionais da saúde que trabalham na rede pública sofrem com a carga horária elevada; faltam funcionários...
16/06/2008 - ° - Prepare o agasalho, pois o inverno pede passagem
A nova estação se aproxima e tudo indica que, ao contrário dos últimos anos, as temperaturas vão cair ...
09/06/2008 - ° - Preservar hoje para construir o amanhã
Floresta Amazônica ainda sofre com a ação do homem, que causa malefícios ao planeta por meio de desmatamentos e queimadas...
09/06/2008 - ° - As diferentes formas da conduta humana
O homem vive em constante mudança, de caráter e comportamento; há fatores que o fazem evoluir ou não como individuo...
19/05/2008 - ° - Cuidar do planeta é lição de casa e também da escola
Desrespeito sobre o próprio homem e a natureza põe em xeque as leis naturais; é preciso parar e salvar o planeta...
05/05/2008 - ° - Homogeneidade como forma de inclusão
A negação das diferenças é o recurso utilizado pelo MEC para combater a discriminação de pessoa com deficiência...
05/05/2008 - ° - Para incluir é preciso também integrar
Futuros repórteres apresentam compromisso de sociabilidade, respeito e cidadania por meio de matérias e opiniões...
28/04/2008 - ° - Mudanças nos planos de saúde ainda são tímidas
Convênios abrem espaço para atendimento de psicólogos e nutricionistas, mas erram no número de consultas...
28/04/2008 - ° - Caso Isabella ainda imobiliza o País
A sociedade não se dá conta que a todo instante várias Isabellas perdem a vida e, sem comoção, passam despercebidas...
21/04/2008 - ° - O tema individualismo e o fenômeno "matar"
Os homens não pensam nos interesses coletivos e matam para atender aos próprios desejos, constituindo, assim, um fenômeno social aparente...
21/04/2008 - ° - Produzir jornal requer espírito de olimpíada
Em ritmo acelerado e competitivo, estudantes de jornalismo disputam maratonas diárias em busca da melhor reportagem...



Capa |  Artigos & cia  |  Cidadão Maringá  |  Comentário  |  Conto  |  Crítica  |  Crônica  |  Entrevista  |  Erramos  |  Geral  |  Livro  |  Moda  |  Opinião  |  Reportagem  |  Você no MP