| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Matéria Prima
Desde: 06/02/2003      Publicadas: 1989      Atualização: 25/08/2008

Capa |  Artigos & cia  |  Cidadão Maringá  |  Comentário  |  Conto  |  Crítica  |  Crônica  |  Entrevista  |  Erramos  |  Geral  |  Livro  |  Moda  |  Opinião  |  Reportagem  |  Você no MP


 Reportagem

  29/09/2007
  1 comentário(s)


Lixo está se tornando objeto de luxo

Materiais recicláveis estão ganhando espaço no mercado, embelezando casas e ajudando a preservar o meio ambiente

Lixo está se tornando objeto de luxoFranciele Cioni
De acordo com a Coordenação de Educação Ambiental e Coleta Seletiva, cerca de 130 toneladas de materiais recicláveis são coletados todos os meses em Maringá. Entre os materiais mais recolhidos, estão os plásticos de todos os tipos - moles, duros, coloridos e sem cores, papéis mistos, papelão, garrafas PET e também caixas de leite e sucos (tetrapak).

Tudo o que é recolhido é doado para seis cooperativas da cidade, onde trabalham 150 pessoas na seleção e no processamento dos materiais. O grupo sobrevive com a renda que consegue a partir da venda.

Hoje, já é possível encontrar mangueiras, papéis, roupas, objetos de decoração e até mesmo materiais para construção, feitos com recicláveis.

A designer de interiores Glicinia Setenareski trabalha há seis anos com objetos de decoração ecológica, como tapetes, cortinas, jogos americanos, tecidos para paredes, tecidos para cadeiras, entre outros produtos. Sua mais recente criação é um sofá, estilo namoradeira produzido com uma calota de caminhão e fios de seda, ambos recicláveis.

Glicinia trabalha com a seda orgânica, por ser livre de todo tipo de resíduos e ter tingimento vegetal. De acordo com ela, desde a construção do fio, com extração manual, até o acabamento das peças, tudo é feito artesanalmente. "Cada peça demora no mínimo 30 dias para ser produzida. Tem peças que são tecidas 70 cm ao dia e os processos chegam a passar por 50 mãos até a finalização, e são peças de luxo", detalha.

A empresa O Casulo Feliz é a única que produz seda orgânica na América Latina. Nela trabalham, ecologicamente mais de 80 pessoas. Sua produção é exportada para vários países, como Portugal, França, Finlândia, Inglaterra e Argentina.

O arquiteto e especialista em planejamento ambiental, Sidney Madeira, tem 16 anos de profissão. Ele diz acreditar que há cinco anos a porcentagem de arquitetos que utilizam o material reciclável em suas obras aumentou em aproximadamente 45%. O entulho, por exemplo, retorna como tijolo e tem maior leveza, qualidade técnica e resistência, segundo ele. Os objetos mais reaproveitados na construção civil são vidros e madeiras de demolição, tetrapak, e garrafas PET. "Um exemplo é o protótipo de um aquecedor solar, que foi feito para o Centro Universitário de Maringá (Cesumar), utilizando garrafas PET e revestido com placas de tetrapak".

Além dos profissionais estarem se atualizando e investindo em novas técnicas, Sidney Madeira explica que a utilização de materiais recicláveis reduz em até 50% o custo das obras.


Reciclagem passa por destinos amplos


As linhas de produção com objetos reutilizáveis são o caminho para quem procura obter mais lucros


Jacqueline Wismeck
Hoje, com os materiais reciclados podem ser produzidos vários objetos. Além de trazerem lucro aos que optam por investir nesse caminho. São um método de gerar empregos em diferentes áreas, ampliando também, cada vez mais, o campo para a substituição por produtos ecologicamente corretos.
Existe um grande processo para que um material, que para muitos é considerado descartado, volte a fazer parte do dia daquela pessoa que o consumiu. È o que explica a coordenadora de educação ambiental da prefeitura de Maringá, Marisa Colombo. "Hoje, em Maringá, cada habitante produz em média um quilo de lixo por dia, recicláveis como metais, papéis, vidros e plásticos, e os lixos orgânicos."

Ela explica que a maioria, é recolhida por uma equipe de 150 pessoas, que trabalham com a coleta seletiva. "Os materiais coletados vão para a organização da prefeitura, e de lá são repassados às cooperativas. Nelas são tratados, selecionados e depois vendidos às indústrias."

Para a dona de uma indústria que produz objetos com materiais recicláveis, Verônica Timótio Martins, em nível de produção o material reciclado não traz grande beneficio. Pelo fato de já ter sido usado o seu rendimento é menor, mas em compensação obtém mais lucro, pois é mais barato para produzi-lo. "São produzidos brinquedos, acessórios para caminhão, luminárias, acabamentos para móveis, como pompéia para a cama, vasos para decoração e bobinas de plástico, mais conhecida como sacola."

Ela diz acreditar que esse campo ainda será muito explorado e que, embora esses produtos feitos a partir dos materiais recicláveis sejam de categoria inferior, o lucro é cada vez maior. "São vários benefícios, um deles é o consumo de energia que não chega a 20% que gastaria para produzir outro material sem ser o reciclável."


Imagem/Glicinia Setenareski
Sofá produzido com uma calota de caminhão e fios de seda

OS COMENTÁRIOS QUE NÃO TIVEREM O NOME COMPLETO DO AUTOR E EMAIL PARA CONTATO NÃO SERÃO PUBLICADOS
  Autor: Franciele Cioni e Jacqueline Wismeck


  Mais notícias da seção ° no caderno Reportagem
07/07/2008 - ° - Profissional do sexo adia planos afetivos
A sensibilidade feminina contribui para que essa categoria se torne vítima de seu próprio negócio...
30/06/2008 - ° - Adolescentes não cometem crimes, diz promotora
Para Mônica Azevedo, da Vara da Infância e Juventude, é erro tipificar conduta fora do padrão como violação da lei penal ...
09/06/2008 - ° - Estelionato é freqüente em Maringá, diz delegado
O número de ocorrências na cidade é grande e as estatísticas exatas para registrar o crime são desconhecidas...
03/06/2008 - ° - Homens encaram o papel de ser pai e mãe
Seja por morte ou por vontade própria, a cada ano aumenta o número de pais que criam seus filhos sozinhos...
05/05/2008 - ° - Estudiosos crêem em resfriamento do Planeta Terra
Professores dizem acreditar que o sistema poderá se tornar mais frio como parte de um processo climático cíclico...
28/04/2008 - ° - Intercâmbio gera troca de experiências
Julho está próximo e viajar para estudos ou trabalho no exterior é uma opção para quem quer conhecer novos lugares...
21/04/2008 - ° - 53% dos formados trabalham em outra área
Observatório Universitário pesquisou em um universo de 3,5 milhões de trabalhadores brasileiros formados...
14/04/2008 - ° - Empresa mantém horto florestal fechado
Companhia de terras alega falta de cuidados da administração pública com a área e espera proposta do governo do Estado...
08/04/2008 - ° - Maringá já debate uso de célula-tronco
Cidade possui grupos prontos para desenvolver pesquisas embrionárias, mas precisa de incentivo do governo...
10/11/2007 - ° - Agricultores familiares de Maringá ganham força
Projetos incentivam pequenos produtores a se unirem e, em parceria, fazerem diferença na economia do município ...
03/11/2007 - ° - Universitários enfrentam estradas todos os dias
Estudantes de cidades da região deslocam-se para Maringá diariamente, para ter acesso ao ensino superior...
03/11/2007 - ° - Educação religiosa pode gerar conflitos
Os pais e o ambiente em que a criança vive podem influenciar no momento de decidir a religião que irá seguir...
27/10/2007 - ° - Animais abandonados somam quase 36 mil
Órgãos responsáveis por fiscalização e controle não conseguem atender a demanda de abusos e maus-tratos ...
20/10/2007 - ° - Simples mudanças combatem a obesidade
Etapas no tratamento para obesos são importantes para que a reeducação alimentar seja feita de maneira saudável...
13/10/2007 - ° - Creche noturna é opção para mães maringaenses
Corujinha da XV atende 125 crianças no período das 11h30 às 22h30; a intenção é ajudar as mães que trabalham à noite...
06/10/2007 - ° - Coaching pode contribuir no autodesenvolvimento
Nova técnica auxilia pessoas a desenvolver diversas habilidades pessoais ou profissionais, afirma especialista...
22/09/2007 - ° - Camiseta personalizada é uniforme do "terceirão"
Segundo professora Palmira de Castro, alunos do terceiro ano do ensino médio gostam de se diferenciar dos demais...
22/09/2007 - ° - Dúvidas sexuais são debatidas na mídia
Programas geram audiência para emissoras ao tratarem do assunto que mais instiga curiosidade e interesse do público ...
15/09/2007 - ° - Maringá tem mais de 250 idosos em asilos
Independentemente do motivo pelo qual estejam no abrigo, psicóloga diz que o desejo de ter uma família é constante...
08/09/2007 - ° - Equipe de varredeiras inova serviço em Maringá
As "Margaridas", primeira equipe feminina de limpeza urbana, inserem mulheres no mercado de trabalho e agrada a sociedade...
08/09/2007 - ° - Comerciantes preferem nomes em inglês
Não apenas em Maringá, mas no Brasil de modo geral, o estrangeirismo é utilizado em estabelecimentos comerciais...
11/08/2007 - ° - Morrer pode custar de R$ 90 a R$ 18 mil
Além de empresas funerárias, outros setores do comércio comemoram o crescimento desse mercado promissor...
11/08/2007 - ° - Aids avança entre pessoas com mais de 65
A prorrogação da vida sexual, graças a medicamentos contra impotência, aumenta o número de soropositivos idosos...
07/07/2007 - ° - Grupos de danças atraem mulheres acima dos 30
Academias ganham novo público mais experiente que se interessa pelos diversos ritmos oferecidos durante as aulas...
30/06/2007 - ° - Maringaense reclama de excesso de filas
Bancos, supermercados e postos de saúde lideram lista dos lugares que a população não suporta esperar por atendimento...
30/06/2007 - ° - Reciclagem pode reduzir lixo na natureza
Cada pessoa produz, em média, 300 kg de lixo por ano e cerca de 40% das compras é lixo, segundo a Companhia Ecológica...
23/06/2007 - ° - Hábitos alimentares mudam com inverno
Segundo nutricionista, o consumo de comidas gordurosas nesta época do ano é importante, mas exige cuidados...
23/06/2007 - ° - "Desabafar" pode ser o melhor remédio
Foi pensando nisso que o CVV (Centro de Valorização da Vida) criou um programa de apoio emocional à comunidade...
16/06/2007 - ° - Ex-obesos desistem do tratamento pós-cirúrgico
Pacientes submetidos à cirurgia bariátrica percebem que estão emagrecendo e passam anão freqüentar psicólogos e médicos...
02/06/2007 - ° - Festcine traz cinema nacional à região
A quarta edição do Festival contou com três categorias competitivas nas quais o público também pôde votar em seus favoritos...



Capa |  Artigos & cia  |  Cidadão Maringá  |  Comentário  |  Conto  |  Crítica  |  Crônica  |  Entrevista  |  Erramos  |  Geral  |  Livro  |  Moda  |  Opinião  |  Reportagem  |  Você no MP
Busca em

  
1989 Notícias


Livro
 

°

 

Ode para a medíocre sociedade decadente


Opinião
 

°

 

Veja o que dizem do jornal Matéria Prima

 

°

 

Alucinógenas ou não, o importante é consciência

 

°

 

Quarenta anos do ano que mudou o mundo

 

°

 

Veja o que dizem do jornal Matéria Prima

 

°

 

Mais que avaliar, Enem promove cidadania

 

°

 

Campanhas eleitorais esquentam o clima

 

°

 

Veja o que dizem do jornal Matéria Prima

 

°

 

Campanha pede um país menos corrupto


Entrevista
 

°

 

Antônio Recco - "Nós não copiamos, nós criamos"


Moda
 

°

 

Falta de padronização confunde consumidores


Geral
 

°

 

Asilo São Vicente de Paulo ampara idosos na Zona 21

 

°

 

Fundo de vale é desrespeitado na Zona 21

 

°

 

Segurança pública remete tranqüilidade à Zona 21

 

°

 

Construções impulsionam crescimento da Zona 21

 

°

 

Milhares de brasileiros optam pela EaD

 

°

 

PUC será construída em bairro carente

 

°

 

Topiaria embeleza casa de pedreiro no Requião

 

°

 

No Requião, o que mais aflige é a insegurança



      
   Expediente Suporte JEx